Terapia avançada, de vanguarda.

Terapia avançada, de vanguarda


A Terapia Regressiva Evolutiva (T.R.E) – A Terapia do Mentor Espiritual (ser desencarnado de elevada evolução espiritual, responsável diretamente pelo nosso crescimento espiritual) - Abordagem psicológica e espiritual breve, criada por mim em 2006, surgiu em decorrência de minha experiência em 1989 com a Terapia de Vida Passada (T.V.P) do americano, Dr. Morris Netherton, PhD em Psicologia, autor do livro: “Vida Passada – Uma abordagem psicoterápica”. No início de meu trabalho, ao me utilizar da regressão de memória para tratar de meus pacientes, achava equivocadamente que era eu, enquanto terapeuta, que deveria conduzir a regressão de memória para encontrar a origem do(s) problema(s) do paciente, fazendo-o reviver acontecimentos traumáticos de seu passado, seja desta vida (infância, nascimento, útero materno) ou de suas vidas passadas. Desta forma, através da regressão de memória, em estado alterado de consciência (transe hipnótico), eu fazia o paciente romper a barreira de sua memória (amnésia), que o impedia de lembrar acontecimentos traumáticos de seu passado, causadores de seus problemas.


No entanto, os resultados iniciais dessa terapia, o método terapêutico do psicólogo norte-americano, se apresentaram medíocres, pífios. Muitos não regrediam, e, mesmo entre aqueles que conseguiam, poucos resolviam os seus problemas. Até que, numa das sessões de regressão com uma paciente, esta me disse: - Dr. Osvaldo, eles pedem para dizer ao senhor que vão orientar o nosso trabalho, vão alinhar os meus chacras (centros energéticos do corpo), pois não estou conseguindo me relaxar como deveria, daí a minha dificuldade de regredir, de romper a barreira da memória. Atônito, perguntei à paciente: Eles quem?!


O meu mentor espiritual e os amigos espirituais do Astral Superior - respondeu a paciente.

A partir daí, eu me conscientizei que não estava sozinho nesse trabalho, que tinha uma assessoria espiritual do Astral me ajudando, e que eu era parte integrante dessa equipe.


Sob a supervisão deles, e, principalmente, com a orientação do(a) mentor (a) espiritual do paciente, o meu trabalho deu um salto qualitativo e quantitativo, pois inúmeros casos foram equacionados, resolvidos.


Portanto, a Terapia Regressiva Evolutiva (T.R.E) - A Terapia do Mentor Espiritual, como uma nova abordagem de terapia é fruto das orientações que meus pacientes receberam de seus respectivos mentores espirituais em mais de 50.000 sessões de regressão às quais conduzi em meu consultório. Assim, gostaria de explicar de maneira mais detalhada essa nova abordagem de terapia. Todos possuem um(a) mentor(a), um guia espiritual que nos orienta, aconselha, protege, e vem nos acompanhando em várias encarnações.


Ele (a) é o responsável pela nossa evolução espiritual, pois nos conhece mais do que a nós mesmos e tem um profundo amor e apreço por nós. Em vista disso, é a pessoa mais indicada, com mais autoridade para falar da causa do(s) problema(s) do paciente.


A TRE trabalha com dois aspectos do paciente:

a) Bloqueios de seu passado; b) Crescimento pessoal e espiritual (Despertar da Consciência).


a) Bloqueios do Passado: Essa terapia, busca a causa dos problemas psíquicos, psicossomáticos, orgânicos - de causa desconhecida pela medicina oficial -, e de relacionamento interpessoal dos pacientes.


A cura é quase que instantânea, tendo os pacientes um insight (compreensão) que modifica todo um padrão de crenças e emoções negativas que foram construídas nesta vida (infância, nascimento, útero materno), ou há muito tempo, em vidas passadas.


É um processo muito simplificado, onde o paciente recebe informações de seu mentor espiritual de modo muito fácil, ocasionando - na maioria das vezes - uma mudança imediata.


O mentor espiritual, nas sessões de regressão, instrui o paciente dando-lhe conselhos espirituais, orientando-o em relação à sua vida pessoal (amorosa, familiar, social, saúde) e financeiro/profissional, até mesmo faz previsões corretas sobre acontecimentos futuros de sua vida com muita profundidade e sabedoria; b) Crescimento Pessoal e Espiritual (Despertar da Consciência): O paciente aprofunda o seu conhecimento a respeito da espiritualidade, das leis espirituais às quais estamos sujeitos (Lei da Reencarnação ou Palingenesia, da Causa e Efeito ou Carma, da Afinidade), contribuindo para sua evolução espiritual, através do contato direto e amplo com o Mundo Espiritual, tornando-se um ser humano melhor, encontrando um sentido à sua vida.


O contato direto com a Espiritualidade se dá, nessa terapia, através do (a) mentor (a) espiritual de cada paciente que desenvolve, expande sua sensibilidade, abrindo o seu campo mediúnico.

Isso o possibilita também a se comunicar com seus parentes falecidos (pai, mãe, avós, irmãos, tios, etc.) que vêm ao meu consultório para orientá-lo, aconselhá-lo, e até mesmo resolver determinadas pendências entre ambos.


Através da TRE, a barreira que separa os dois planos (o espiritual e o terreno) vem diminuindo significativamente, possibilitando uma maior integração na comunicação entre encarnados e desencarnados.


Sem dúvida alguma, essa terapia propicia aos pacientes e a seus entes queridos falecidos – com a permissão dos espíritos superiores do plano espiritual de luz – uma oportunidade ímpar de se comunicarem de forma direta. Normalmente, tal comunicação se dá num clima de emoção muito intensa. Caso Clínico: Contato com o irmão falecido.

Mulher de 25 anos, solteira.


A paciente veio ao meu consultório, por não aceitar a morte do irmão, à qual era muito apegada. O irmão veio a falecer há um ano, em acidente de moto, e a paciente não conseguia aceitar à sua morte.


Desde então, seus olhos começaram a piscar muito, suas sobrancelhas do lado esquerdo se contraiam, o ouvido esquerdo se fechou, as extremidades das mãos e dos pés ficavam constantemente “geladas”, as pupilas ficavam dilatadas e sentia com frequência arrepios do lado esquerdo do corpo. Sentia muita saudade, dor, tristeza, desespero, e não tinha mais vontade de viver. Fez todos os exames médicos necessários para saber a causa dessas manifestações físicas, mas, os exames não acusaram nada. Ao regredir, ela me relatou: - Vejo a minha avó e o meu irmão, ambos falecidos, juntos (paciente começa a chorar intensamente).


Ela está sentada no banco de um jardim e o meu irmão está do lado dela, em pé (ela estava vendo o jardim do plano espiritual de luz).

Ela está vestida de branco e ele de azul. A minha avó sorri para mim. Eu não consigo me aproximar deles. Eles estão longe de mim. Eu estou nessa luz forte, perto do portão (a luz forte e o portão são recursos técnicos que utilizo na regressão e que servem como um portal que separa o passado do presente, bem como o plano espiritual do terreno) e eles estão no fundo desse portão.

A minha avó fala (em pensamento) que eles estavam me esperando, que sabiam que eu ia vir. Ela diz que ele, o meu irmão, quer falar comigo, mas que ainda não tem permissão.

Vejo que o meu irmão está muito emocionado (paciente chora copiosamente). Ela fala que em todas às minhas encarnações passadas, sempre eu e o meu irmão estivemos juntos, daí essa ligação forte que ainda há entre nós (pausa).

A minha avó me diz: - Minha neta amada! Estamos aqui para te reconfortar, sentimos a sua tristeza e a sua solidão. Sempre que posso, vou te reconfortar.

Há coisas que ainda você não compreende, mas o seu espírito, aos poucos, irá entender. Sei o quanto ama o seu irmão, o quanto sofre a partida dele. Tenha calma, não se desespere! Ele ainda tem que aceitar a partida que lhe foi muito difícil. Ele está sempre de seu lado, mas acaba te atrapalhando. Precisamos de sua ajuda para mantê-lo aqui conosco, pois ele sente muito a sua falta e quer permanecer perto de você.

É sempre com muita luta que o trazemos de volta para cá. Sabemos que a separação entre vocês tem que ser feita com calma, pois ambos estão muito ligados e perdidos. Mas precisamos de sua ajuda. O seu irmão já se levanta; antes precisava do nosso apoio, mas ainda não tem muita consciência.

O seu espírito fica ainda muito inconsciente e sofre bastante. Nos momentos de consciência, fica feliz em saber que às pessoas que o amam, oram por ele. Minha filha, ore por ti, você também precisa muito de orar. Sei o quanto deseja se comunicar com o seu irmão, e que apenas sentir a sua presença não é o suficiente. O meu tempo se esgota, mas deixo o meu abraço e reitero o amor que o seu irmão sente por você. - Dr. Osvaldo, eles estão indo embora! – paciente me diz chorando muito. - Entre em contato, agora, com o seu mentor espiritual e peça a sua ajuda.

- Um momento... Não é um mentor espiritual, é uma mentora espiritual. (pausa).

Ela está me dizendo: “Minha filha, para que essa tristeza profunda, esse desalento em seu coração? Querida criança, já era hora de eu estar com você aqui.

É uma felicidade podermos nos comunicar assim tão perto. Mas estamos sempre trabalhando no seu inconsciente, para que ambos aceitem a separação.

Precisamos de sua força, de seu desprendimento. Seu espírito anda enfraquecido de tanta súplica para se juntar a nós. Filha, ainda não chegou a sua hora de partir desse mundo terreno.

Você ainda tem muita coisa para fazer. Vamos com a sua ajuda desenvolver mais sua mediunidade, que lhe foi concedida antes de sua partida aqui do plano espiritual.

Minha adorada! Você é tão especial para nós, e tão forte também para suportar tantas dificuldades aí estabelecidas e aceitas por ti para a depuração de seu espírito, minha criança!

Estarei sempre com você, como uma mãe adorada, protegendo-a e auxiliando-a até mesmo nessa sessão de regressão. Agradeça ao Doutor”. - Vejo, agora, a minha mentora espiritual, subindo. Ao término da sessão, a paciente estava mais calma, porém, ainda bastante emocionada. Após passar por mais cinco sessões de regressão, estava mais centrada, mais serena, e todas as suas manifestações físicas, causadas pelo seu irmão falecido haviam desaparecido.




119 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo